Buscar

Sindicato se reúne com o Prefeito de Santa Fé para sugerir alternativas ao congelamento salarial



Reposição de perdas salariais, alternativas à Lei Federal 173/2020 que congelou os salários dos servidores até 31 de dezembro de 2021, melhoria das condições de trabalho e garantia de todos os direitos dos servidores. Esses foram alguns dos assuntos discutidos entre o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região, José Luis Francisco, e o novo prefeito de Santa Fé do Sul, Evandro Mura.

O presidente do Sindicato, José Luis Francisco, e o prefeito de Santa Fé, Evandro Mura

José Luis reconhece que os municípios estão impedidos de conceder reposição salarial aos servidores sob pena de processos por improbidade administrativa e cassação dos mandatos dos prefeitos, mas entende que há alternativas, como o aumento dos valores do cartão alimentação, que é pago em dinheiro aos servidores.

O presidente alerta aos prefeitos que os salários estão congelados e que ao final dessa restrição, será necessário discutir formas de repor as perdas desse período. “É importante que os prefeitos façam seu planejamento porque no ano que vem teremos que sentar à mesa para discutir como repor o que o trabalhador perdeu em parte de 2020 e em 2021”.

343 visualizações