Buscar

Sindicato ratifica pedido para Santa Fé do Sul estender Vale Alimentação a todos os servidores

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região, a pedido dos professores, com a liderança dos professores Cláudio Barbi e Anísio Júnior, realizou reunião com o prefeito municipal de Santa Fé do Sul na manhã da quarta-feira, dia 12 de setembro, para discutir o piso salarial da categoria. O presidente do Sindicato ratificou o pedido, já feito anteriormente ao prefeito, para que estenda o “Vale Alimentação” a todos os servidores do município, bem como atualize o seu valor na próxima data-base, em janeiro. O Sindicato cobrou do prefeito o percentual de 2,46% remanescente à compensação do reajuste da contribuição previdenciária, que subiu 3%.

O presidente do Sindicato, José Luis Francisco (à direita) ratificou ao prefeito de Santa Fé do Sul o pedido para que a Prefeitura estenda o "vale alimentação" a todos os servidores.

Na ultima reposição, o prefeito concedeu 14,46% da inflação mais 0,54%, da compensação do reajuste previdenciário (totalizando 15%), deixando outros 2,46% que para ser concedido junto com o índice de inflação na próxima data base.


“Foi um pedido do Sindicato que o município concedesse o Vale Alimentação no valor de R$ 500,00 a todos os servidores e atualizasse o valor do benefício. Além da correção do desconto previdenciário, que subiu de 11% para 14%, e a inflação do período. Então, na próxima reposição, em janeiro, nós vamos cobrar que seja cumprido este compromisso do prefeito”, afirmou o presidente do Sindicato, José Luis Francisco.

No tocante à adequação do piso salarial dos profissionais do magistério, em sintonia com o Piso Nacional, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santa Fé do Sul, vem informar aos profissionais do magistério que, após reunião, ficou assegurado o reajuste, porém o Executivo ainda não havia concluído os estudos sobre o impacto orçamentário, tendo sido estabelecido que esta Entidade de Classe será informada, assim que haja a conclusão do estudo. Ademais, os professores que realizam Carga Suplementar e que possuem interesse na manutenção do desconto da contribuição previdenciária sobre essa verba, devem procurar o Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura e informar expressamente a sua vontade. “O Sindicato continuará lutando para assegurar os direitos dos Servidores Públicos Municipais deste Município e de todos os outros incluídos em sua área de abrangência”, finalizou, José Luis.


207 visualizações