Buscar

Sindicato pressiona contra criação de cargos comissionados em Meridiano

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região continua atento à situação da categoria no município de Meridiano e não medirá esforços para garantir que os direitos dos trabalhadores sejam cumpridos integralmente. Dessa forma, acompanhou pessoalmente a tramitação de um Projeto de Lei Complementar de autoria do prefeito Orivaldo Rizzato que pretendia criar mais 21 cargos no quadro de funcionários do município. Boa parte deles comissionados, ou seja, de livre nomeação e demissão e sem a necessidade de serem submetidos a concurso públicos.

O presidente do Sindicato dos servidores Municipais de Jales e região, José Luis Francisco, acompanha a sessão na Câmara de Meridiano

A proposta foi considerada absurda pelo presidente do Sindicato, José Luís Francisco. “No mês de abril, fizemos uma greve de 16 dias naquele município porque o prefeito alegava que não tinha condições de conceder a reposição salarial aos servidores, mas tinha concedido para ele, os vereadores, secretários e servidores da câmara. O argumento era que a folha de Pagamento estava muito próxima do limite prudencial. Ocorre que dois meses depois da greve, o senhor prefeito envia para a câmara um projeto para criar mais 21 cargos, dentre eles alguns comissionados. Isso é um absurdo”.

José Luís lembrou que tramite no Ministério Públicos da Comarca de Fernandópolis, à qual Meridiano está subordinada, um volumoso abaixo-assinado pedindo a extinção dos cargos em comissão.

Graças à presença da diretoria do Sindicato na Sessão Ordinária que votaria a criação dos cargos, os vereadores decidiram por unanimidade retirar o projeto até que o assunto seja analisado de forma mais ampla e transparente. “Deixamos claro que se o prefeito insistir, o Sindicato irá ao Ministério Público, inclusive encaminhando cópia desse projeto”.

51 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon

ENDEREÇO

Rua Dezessete, 2171 - Centro, Jales - SP,

CEP 15700-042

Telefone: (17) 3632-1315