Buscar

Sindicato e Prefeitura de Rubineia buscam saída para que aposentados não percam auxílio alimentação


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região esteve reunido com a administração municipal de Rubineia na noite da última segunda-feira, 6 de dezembro, para discutir possíveis soluções para que aposentados e pensionistas não percam o auxílio-alimentação. A reunião foi organizada pela Prefeitura, que convidou o Sindicato para colaborar.

O Ministério Público fez um pedido de informações sobre o pagamento com base na súmula 680 e na súmula vinculante 55 do Supremo Tribunal Federal. A partir de então, os departamentos jurídicos do Sindicato e da Prefeitura de Rubineia se uniram para buscar alternativas que não prejudiquem os servidores inativos.



Com as anternativas em mãos, o Sindicado e a Prefeitura pretendem promover uma reunião conjunta com o representante do Ministério Público para apresentar essas sugestões.

Graças a um acordo entre Sindicato e prefeitura, os servidores municipais de Rubineia terão uma reposição salarial de 4,5%, a partir de 1º de janeiro de 2022, aproximadamente 10% em fevereiro (de acordo com a inflação), além de 3% como compensação ao aumento no índice da contribuição previdenciária, totalizando aproximadamente 15% de reposição salrial para o proximo exercício.

Além do presidente do Sindicato, José Luis Francisco, e do presidente da extensão de Base local, Roberto Quiozini, participaram da reunião o prefeito Lugato; o vice, Pastor Celso, o procurador jurídico, Ciclair Gomes, do superintendente e do procurador jurídico do Iprem (Instituto de Previdência Municipal), Cleiton e João Bruno, respecitvamente, de vereadores, aposentados e pensionistas.

146 visualizações